Desenhando para canais múltiplos

O 13º IA Summit 2012 iniciou hoje. São cerca de 650 inscritos, de 24 países, e o tema “Experience across channels”. Nesse momento, Dave Grey, Shelley Evenson e Ben Reason fazem o keynote de abertura, explorando as oportunidades de fazer design para canais diversos e comunicáveis. Aliás, não “design para”, mas “design with”, como eles apontaram.

Shelley é gerente de pesquisa cuja empresa recentemente foi adquirida pelo Facebook (então ela não pode falar sobre o Facebook), e Ben é diretor da live|work, uma empresa de design de serviços.

Ainda não entendi muito bem o que “across channels” quer dizer, mas sempre pensei que os canais que a UX deve abranger envolvem serviços que terminam com uma interface (como o atendimento de um call center) e até o design físico de lugares nos quais pessoas precisam realizar tarefas. Como esse hotel, o Hyatt Regency New Orleans.

O wi-fi funciona, então a principal reclamação das pessoas é a configuração física desse hotel. Não existe um elevador do térreo aos andares dos quartos, é preciso fazer ‘baldeação’, e existem meios-andares e uma combinação confusa de escadas-rolante, elevadores e escadas normais para chegar aos andares mais baixos. Assim que um participante teve a chance de pegar um microfone, esse foi o primeiro alvo. Um funcionário do hotel estava aqui e se ofereceu para responder: foi tudo culpa do furacão Katrina, que destruiu o antigo lobby. Explicou a necessidade, mas não a lógica da reconstrução.



comente