Estatísticas sobre internet e mobile no Brasil

Recentemente, a WeAreSocial publicou uma apresentação (Social, Digital & Mobile Around The World – January 2014) compilando muuuitos dados interessantes sobre a disseminação do acesso à internet, do uso das redes sociais e de dispositivos mobile em alguns países espalhados pelo mundo. Além de ser bacana para descobrir como anda o mercado em regiões menos comentadas como a Africa, o Oriente Médio e a Ásia, saíram algumas informações surpreendentes sobre o Brasil.
 
Sabia que quase metade dos brasileiros tem acesso à internet (quase 40% tem internet mobile) e, dentre eles, quase todos usam alguma mídia social? Veja as mais usadas:
  • 94% têm conta no Facebook (57% usaram recentemente)
  • 75% têm conta no Google+ (28% usaram recentemente)
  • 56% têm conta no Twitter (21% usaram recentemente)
  • 54% têm conta no LinkedIn (13% usaram recentemente)
  • 39% têm conta no Orkut (12% usaram recentemente)
Isso mostra a enorme abrangência do Facebook aqui, além do paradoxo do Google+: eles até têm um grande número de usuários (provavelmente devido à criação “automática” de conta quando se usa outros serviços do Google), mas com pouco uso efetivo.
 
Falando sobre tempo de conexão, notamos que, dentre os países pesquisados, os usuários brasileiros são os que ficam mais tempo conectados à internet: 6h por dia através de laptop/desktop. Também ficamos quase 2h30 por dia conectados via mobile, o que é acima da média global e empatado com os EUA, por exemplo. Já em tempo de permanência nas redes sociais, os superamos um pouco: 3h aqui contra 2.3h nos EUA.
 
Outros dados que chamaram nossa atenção se referem aos dispositivos móveis: temos 134% de penetração (Hein?! Explico: é como se toda a população brasileira tivesse um aparelho e 34% dela tivesse dois. No entanto, na prática, várias pessoas possuem dois, três ou mais aparelhos, e muitos ainda não têm nenhum!) – é interessante notar que países como Arábia Saudita e África do Sul têm uma penetração mobile ainda mais alta. Dentre os brasileiros contabilizados aí, quase 60% têm aplicativos de mídia social e quase 25% usa serviços baseados em localização. Apesar de tantos dispositivos mobile, quando o assunto é smartphone, só 30% da população têm acesso: dentre eles, quase 90% o utiliza para buscar por informação local, mais de 80% para procurar produtos e 30% já usaram para comprar algo – o que dá uma noção de quais tipos de serviços mobile temos que ajudar a melhorar e desenvolver 😉
 
Esses dados sobre a disseminação da internet no País coincidem com uma pesquisa divulgada recentemente pelo Hospital das Clínicas de São Paulo que revelou que oito milhões de brasileiros foram considerados viciados em internet – a instituição já tem inclusive grupos de apoio para ajudar dependentes a abandonar o vício. (link para http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2014/01/mulher-procura-ajuda-para-se-livrar-da-dependencia-da-internet.html)


comente