ISA 2014, balanço final

O ISA – Interaction South America, realizado em Buenos Aires em novembro, trouxe palestras sobre experiência do usuário, métodos ágeis, design e estratégia de produtos e serviços, entrevistas com usuários, a importância das comunidades e ecossistemas e até um pouco de coaching. Bianca Trancoso e Mercedes Diaz, analistas de UX da Saiba +, estivaram lá e contam um pouco sobre o que viram de mais legal.

  • A experiência dos cidadãos ingleses com os serviços públicos foi o tema de abertura. Leisa Rechelt mostrou como ela e sua equipe transformaram a experiência do serviço público a partir de processo ágil de desenvolvimento. Leisa afirma que o essencial é fazer pequenas coisas que mostrem potencial, através de mudanças pontuais, rápidas e estruturalmente importantes. Assim, sua equipe consegue fazer com que as entregas aconteçam, peneirando aquilo que realmente importa para o usuário.

“Nosso objetivo é tornar os serviços tão bons que as pessoas prefiram usá-los”
Leisa Rechelt

  • O momento emoção ficou por conta de Jess McMullin. Após projetar um lindo céu estrelado e pedir para a plateia ligar a lanterna dos celulares, ele disse: “no passado olhávamos para as estrelas para nos guiar sobre o futuro, agora podemos nos guiar olhando para nós mesmos!” Ao olhar para os lados, a sensação era de ser mais um pontinho naquele punhado de estrelas.

jess.jpg

Jess projetou uma imagem do céu estrelado e pediu para a gente ligar a lanterna do celular.

  • Se você algum dia já passou pelo metrô de Londres, com certeza viu o aviso nas plataformas: MIND THE GAP. Andy Polaine nos fez refletir sobre como deixamos pequenas lacunas de usabilidade em tantos serviços – não nos importando com o gap da usabilidade. Uma atividade trivial como comprar uma passagem de avião pode se transformar em uma experiência horrorosa quando o serviço não é pensado do início ao fim. Para Polaine, serviços são ecossistemas: cada parte afeta o todo.

Polaine falou sobre se importar com as lacunas de usabilidade.

  • A pitada de coaching ficou por conta de Juan Carlos Lucas. Para ele, simples conversas com as pessoas com quem convivemos podem abrir grandes caminhos para atingir objetivos profissionais e pessoais. A partir dessa ação, podemos construir uma trajetória de sucesso.

Juan Carlos falou um pouco do medo que temos para iniciar conversas

  • Uma das palestras mais inspiradoras foi a da Christina Wodtke, que falou sobre o método OKR’s – Objectives and Key Results – usado no Google, Zynga e outras empresas do Vale do Silício. Primeiro você deve definir um objetivo – algo mais próximo de um sonho possível de ser realizado – e pelo menos três KR’s, que são os critérios para alcançar o objetivo. O método OKR’s é uma boa forma de casar objetivos da empresa com as estratégias implementadas.

Christina apresentou uma das palestras mais inspiradores do ISA2014

  • Em sua palestra  “Narcisistic Products Suck”, Kendra Shimmell contou a história de três usuários que se tornaram reféns de produtos narcisista: um joguinho para celular, um aplicativo para meditação e uma geladeira inteligente. Tais produtos interrompiam os usuários para lembrá-los de sua existência e sempre solicitavam algum tipo de interação. Kendra nos trouxe lições de humildade para construir produtos mais relevantes e com foco no serviço que o produto deve prestar.

kendra.jpg

Kendra projetou seu grito de guerra também em português.

  • Erik Dahl falou de sua experiência foi projetar uma comunidade. Em uma comunidade, existem iniciantes e veteranos, e é necessário manter esses dois grupos motivados. Não é possível manter uma comunidade sem que haja novos membros chegando. Para Dahl, na hora de projetar uma comunidade é necessário responder a essas três perguntas: 1) Por que você entraria e por que você não entraria na comunidade? 2) Por que você continuaria ou abandonaria a comunidade? 3) Por que você lideraria ou não a comunidade?

  • Para falar de cultura de inovação, Jeff Gothelf apontou como os modelos de negócios do passado são estruturalmente diferentes dos modelos nativos do mundo digital. Hoje o software é contínuo, muito diferente do processo de linha de produção (fordismo), e devemos aproveitar disso para remodelar a forma do negócio e a maneira como as equipes trabalham. Para Gothelf, devemos criar produtos engajando a equipe em processos colaborativos com foco no compartilhamento de ideias, e não focar apenas em produzir resultados.

Jeff: “Você deve transformar de uma cultura da entrega para uma cultura do aprendizado”

  • Por Skype, Steve Portigal falou sobre como aproveitar os insights das entrevistas com usuários para gerar soluções criativas de design. Para Portigal, existe uma dicotomia na experiência do usuário, porque, ao mesmo tempo que temos que fazer pesquisas etnográficas para ter insights de novas ideias, também é essencial que façamos testes de usabilidade para avaliar a solução. Steve relembrou da importância da empatia no nosso trabalho, e mostrou o Modelo de Maturidade do Design de Jess McMullin, que pode ser visualizado aqui – http://thinkingandmaking.com/files/design_maturity.pdf

  • A amarração de tantos temas ficou por conta de Nathan Shedroffs, presidente dos cursos de Estratégia de Design do California College of the Arts, em San Francisco. Nathan defende a ideia que não existe nada mais estratégico que construir vínculos com os usuários a partir das experiências de uso. Ele contou que o Instagram incorporou valores como: emoção, identidade e significado no seu valor final de venda. O Instagram foi comprado pelo Facebook por US$ 1 bilhão.

Para nós, UXs, o evento foi um prato cheio de variedades, mas sentimos falta de mais conteúdo sobre mobile e design responsivo. E ficamos por aqui com o nosso parabéns à equipe organizadora do ISA14. Foi um sucesso! 🙂

Slides das apresentações (nem todos os slides são do interaction, mas refletem uma abordagem parecida):

Leisa Rechelt – http://www.slideshare.net/leisa/changing-yourorgsproductmakingdna-leisareichelt)

Jess McMullin – http://www.slideshare.net/jessmcmullin/designing-government-transforming-the-citizen-experience

Andy Polaine – http://www.slideshare.net/apolaine/polaine-isa14-presentation

Christina Wodtke – http://www.slideshare.net/cwodtke/the-executioners-tale-31141210

Kendra Shimmell – http://www.slideshare.net/kshimmell/narcissistic-products-suck

Erik Dahl  – http://www.slideshare.net/eadahl/designing-our-communities-isa14-keynote

Jeff Gothelf – http://www.slideshare.net/jgothelf/stockholm-building-successfulteams

Steve Portigal – http://www.slideshare.net/steveportigal/steve-portigal-designing-the-problem

Nathan Shedroffs – http://www.slideshare.net/NathanShedroff/the-art-of-strategy-aiga-head-heart-hand

 


, updated on

comente