Passo a passo: como fazer um teste de usabilidade?

Como fazer um teste de usabilidade

Este é o primeiro post de uma série que vai apresentar o passo a passo de um teste de usabilidade. Começamos pelo planejamento.

Você finalmente conseguiu um sim para seu projeto de realizar um teste de usabilidade. Mas, e agora, por onde começar? Mesmo que sua pesquisa seja informal, você deve pensar em três pontos principais antes de começar:

1. Por quê?

Comece definindo o escopo e o objetivo da pesquisa. O que será testado? Um site, um aplicativo, um sistema, um protótipo? Não caia na tentação de tentar avaliar toda sua presença online de uma só vez.

O que você quer descobrir? Que tipo de comportamento do cliente será investigado? “Avaliar a usabilidade do meu site” é um objetivo muito amplo. Podemos fazer um roteiro que cubra todos os casos de uso do seu site, mas será que você vai conseguir resolver tudo de uma vez só?

Para obter resultados mais precisos, tente colocar questões claras e objetivas – como, por exemplo:

– Avaliar o fluxo de compra para encontrar pontos de fuga
– Aprimorar um formulário de contratação
– Entender a aceitação de uma nova funcionalidade
– Analisar o funcionamento de uma nova proposta de navegação

A definição dos objetivos do teste passa primeiramente por uma conversa com a equipe responsável pela interface. Eles talvez não saibam como resolver os problemas, mas sabem onde estão os gargalos ou pontos de abandono. Eles também conhecem dados como taxa de conversão e podem contar por que foram feitas as escolhas do desenho da interface. Mais do que tudo, são eles que vão informar sobre decisões de negócio que influenciam no desenho, objetivo da interface em relação ao negócio, e estratégias futuras.

2. Com quem?

Uma pergunta que sempre ouvimos por aqui é: “Com quantas pessoas devo conversar?” A resposta é: depende. Uma vez definido o objetivo do teste, você pode pensar em quem te dará as respostas que você procura.  

Defina quais as principais características do grupo que você deseja atingir. Para entender o processo de contratação de um produto, o ideal é falar com quem ainda não é seu cliente. Para avaliar a aceitação de um novo recurso, é mais interessante conversar com alguém que já conhece seu produto.   

Tente não abrir muito o número de grupos e garanta ao menos três ou quatro representantes de cada um. No próximo post da série vamos falar mais sobre como encontrar esses entrevistados.

3. Como?

Qual é sua estratégia para realizar os testes? Eles serão presenciais, remotos ou em um local definido por cada participante?

O que será testado: o site no ar, um protótipo ou uma versão para testes? Será preciso providenciar documentos ou cartões de crédito para as sessões?

Você precisa de algum programa ou equipamento especial – como softwares que gravam o que acontece nas telas ou câmeras de vídeo? A pesquisa precisa de modelos de celular ou computadores diferentes? Essa é a hora de definir se o participante usará um computador próprio ou de testes.

Quem vai moderar? Qual é o cronograma? Quem precisa ser avisado do processo? Quem eu devo convidar para acompanhar as sessões?

Ufa! São muitas perguntas. Mas ao longo das próximas semanas vamos te ajudar a responder cada uma delas e mostrar que criar uma cultura de pesquisa de UX não é um bicho de sete cabeças.


, updated on

2 thoughts on “Passo a passo: como fazer um teste de usabilidade?

comente