O que são as entrevistas em profundidade

Entrevistas em profundidade

A entrevista em profundidade é uma técnica que a usabilidade pegou emprestada da pesquisa de mercado. E que a pesquisa de mercado aprendeu com a antropologia. Pode-se dizer, também, que a entrevista é uma técnica jornalística que foi adaptada para a pesquisa de usabilidade. Ou seria uma técnica utilizada pela psicologia e consequentemente pela área de recursos humanos? Enfim: a entrevista é uma das mais antigas técnicas para saber de uma pessoa coisas que ela sabe – e você não.

Na pesquisa de usabilidade, a entrevista é utilizada em várias metodologias e em diversos momentos – na imersão e no início de um teste de usabilidade, por exemplo. Quando a entrevista é realizada no campo, isto é, no contexto de uso da interface (na casa, no escritório, no lugar em que o app é utilizado), chamamos de entrevista contextual (assunto de um próximo post).

Pontos importantes para uma boa entrevista:

Estude o entrevistado. Que perfil de usuário ele representa, qual sua classe social; no caso de entrevistas em um contexto corporativo, qual é o cargo dessa pessoa. Chegue com um entendimento de quem ele é e o que ele faz, para não perguntar coisas muito básicas que o farão desanimar já no início.

Prepare um roteiro para guiar a conversa. Utilize como baliza, mas não tenha medo de sair dele. Entrevistas são dinâmicas e fluidas, e as próximas perguntas devem ter relação com as respostas anteriores.

– No início das entrevistas, faça perguntas que demonstrem que você conhece um pouco do assunto que está sendo tratado. Mostre que estudou, e que é um interlocutor informado. Isso ajuda a conquistar a confiança do entrevistado.

– Por outro lado, você precisa adequar sua linguagem e tipo de comunicação ao nível cultural do entrevistado. Empatia é a primeira ferramenta de uma boa entrevista.

Cuide para não induzir respostas. Criar uma frase e fazer o entrevistado concordar com você não é o mesmo que ouvir a opinião dele.

– Entrevistas em profundidade são sempre individuais. Com mais de uma pessoa, perde-se a profundidade.

O capítulo 7 do livro Designing for the Digital Age, de Kim Goodwin, tem dicas ótimas sobre como conduzir entrevistas.

A entrevista é uma metodologia que proporciona a exploração do comportamento, hábitos, entendimento de necessidades, perfis e contextos. A possibilidade de realizar uma entrevista é uma excelente oportunidade para conhecer o seu usuário, mesmo quando ainda não há uma interface. Sempre que possível, vá lá e entreviste!


, updated on

Alessandra Nahra

Escrevo, cuido de bichos, danço, cozinho, planto e tento ser amável com todo mundo.

One thought on “O que são as entrevistas em profundidade

comente