O que eu aprendi com o teste de usabilidade – Ana Manzano, NET

Formada em Marketing, com pós-graduação em Pesquisa de Mercado, Ana Manzano é Coordenadora de Pesquisa de Mercado do Grupo America Movil, das marcas NET e Claro. A Saiba+ trabalhou com a NET em dois projetos: para avaliar a nova interface de TV por assinatura da NET foram realizados testes em laboratório e entrevistas contextuais; também fizemos testes de usabilidade para guiar a reformulação das plataformas digitais da NET (site e aplicativo). Ana conta como foram essas experiências.

Como é o trabalho da área de pesquisa da NET?

A área é responsável por implantar e coordenar projetos de pesquisa com consumidores, com o objetivo de gerar conhecimento e recomendações acionáveis para ajudar a companhia nas tomadas de decisões. Atendemos diversas áreas da companhia, desde o marketing até a engenharia, para a realização das mais diversas metodologias de pesquisa.

Por que vocês decidiram fazer um teste de usabilidade?

O site e a interface da TV têm interação direta com nosso consumidor, faz parte da rotina quase que diária dos nossos clientes, por isso entendemos que qualquer mudança nessas plataformas necessita ser avaliada antes da aplicação final. Além disso, os testes tinham como objetivo minimizar qualquer impacto na relação dos nossos clientes com os produtos, tornando ainda mais fácil a interação.

O que vocês esperavam dos testes?

Entender se as mudanças facilitariam a relação dos consumidores com nossas plataformas e verificar quais seriam os impactos na rotina do consumidor. A partir daí, descobrir junto com eles e com a Saiba+ quais seriam as soluções mais adequadas que deixassem essas mudanças mais intuitivas, ou seja, que não atrapalhassem a rotina deles ao assistir TV ou ao procurar algum serviço em nosso site.

O que vocês acharam dos resultados dos testes?

Os resultados foram bem acionáveis. Os testes ajudaram no relacionamento com os clientes atuais e também no fluxo de aquisição de novos clientes no site.

O que vocês fizeram com os resultados dos testes?

As áreas responsáveis pelas mudanças relacionaram as recomendações dos testes com a lista de tarefas dos projetos, colocaram numa escala de tempo e prioridade para realização dos ajustes. Cada recomendação foi analisada e a maioria foi implantada pelas áreas demandantes.

O que você aprendeu com o teste de usabilidade?

Descobrimos que alguns botões e fluxos na nova interface da TV e nas plataformas digitais, que achávamos que estavam claros, não eram tão óbvios para os consumidores. É uma metodologia essencial e muito prática que ajuda a verificar claramente onde podemos melhorar. Ajuda a deixar a jornada do consumidor nas plataformas mais intuitiva.

Vocês pretendem realizar outros testes de usabilidade?

Sim, já temos planejada uma série de testes ágeis.



Alessandra Nahra

Escrevo, cuido de bichos, danço, cozinho, planto e tento ser amável com todo mundo.

comente