interface

  • Cidades inteligentes e projetos para a coletividade

    Palestrei no TDC e voltei inspirada pelos projetos para melhorar o mundo Pessoas que fazem projetos com o único intuito de ajudar a comunidade em que vivem, tornar o mundo um lugar melhor, ter do que se orgulhar… Como não amar? O Gustavo Muniz do Carmo, por exemplo, é um desenvolvedor que criou um aplicativo […]

    Read More
  • Wireframes

    Wireframes: o que são, como são feitos, para o que servem

    Na primeira vez que a arquiteta de informação fez um mapa do site, o diretor de arte disse “lindo! Agora cadê o wireframe?”. A arquiteta (que já estava achando estranho o suficiente ser chamada de “arquiteta”, sendo que havia se formado em jornalismo) pensou, pensou, achou que não era com ela (“tô mais pra editor […]

    Read More
  • Fluxos de contratação mobile

    Dez coisas que aprendemos sobre fluxos de contratação mobile

    “Ninguém preenche formulários complexos pelo celular.” Atire o primeiro pixel quem nunca escutou uma afirmação assim em uma reunião sobre projetos mobile. Mas será que isso é verdade? Uma leva de projetos recentes nos mostrou que não. Veja o que aprendermos sobre processos de contratação complexos via celular: Luzes, câmera, ação – Escanear um documento, […]

    Read More
  • Novo portal da prefeitura de São Paulo

    A Saiba + tem a honra de apresentar o novo portal da prefeitura de São Paulo. Um trabalho de meses que reuniu vários profissionais e empresas. A Saiba + foi responsável pela pesquisa de usabilidade, arquitetura de informação e design de interação. Foram realizados focus groups com cidadãos e formadores de opinião, e três rodadas […]

    Read More
  • Affordance, brinquedos e o iOS7

    Affordance é um dos meus conceitos de design favoritos. Meu primeiro contato com o termo foi no livro “O design do dia a dia”, Don Norman: “Affordances provide strong clues to the operations of things. Plates are for pushing. Knobs are for turning. Slots are for inserting things into. Balls are for throwing or bouncing. […]

    Read More
  • Táxis, apps e transformação de um modelo de negócio

    Vira e mexe a tecnologia prega uma peça em todo um segmento de negócios. Um exemplo bombástico recente é o das videolocadoras: se antes tropeçava-se em uma a cada esquina, hoje é difícil encontrar uma única que seja no bairro. Com o compartilhamento de filmes e seriados pela internet e o aluguel pela TV ou […]

    Read More
  • Metrô de NY: ponto de vista do usuário. Mesmo!

    Se existe uma interface de visualização do status de uma linha de metrô mais eficiente que esta, eu desconheço. Imagine que você, de repente, acordou em um vagão de um metrô em Nova Iorque (vai que você estava cansado e tirou um cochilo ou, sei lá, tomou um porre e não tem ideia de como […]

    Read More
  • A usabilidade da boca do leão – parte 3

    Você conseguiu. Achou os campos certos para todas as informações que vieram no informe de rendimentos do seu empregador, descobriu onde colar o valor que recebeu da herança da tia-avó, declarou as 60 prestações do seu carrão 1.0 e informou nos campos adequados os caraminguás que tinha na conta corrente no dia 31/12. Agora é […]

    Read More
  • A usabilidade da boca do leão – parte 2

    Com o tempo e a prática de declarar anualmente, o usuário acaba entendendo e se acostumando – em parte – com as nomenclaturas e idiosincrasias do IRPF. Só que um programa utilizado uma vez por ano não permite tempo para adaptação. Dúvidas novas sempre surgem, dúvidas antigas persistem – e o feedback de sucesso só […]

    Read More
  • A usabilidade da boca do leão – parte 1

    Se tem uma interface que todos os brasileiros economicamente ativos e em dia com suas obrigações fiscais conhecem (ou deveriam conhecer), é a do programa para declaração do imposto de renda. Todo ano, todo mundo lá, preenchendo a declaração. Todo ano, as mesmas – ou novas – reclamações. Para começar, o próprio processo é um […]

    Read More